Dicas para começar

Documentação Meu Dinheiro > Manual > Dicas para começar
Os primeiros passos recomendados para uma boa utilização do sistema são: cadastrar/configurar suas contas correntes, cartões de crédito, dinheiro e contas de investimentos; verificar e ajustar, caso necessário, as categorias padrões do sistema e acessar a tela de configurações de utilização para habilitar ou desabilitar os recursos de acordo o perfil de utilização.

Em seguida, deve-se iniciar a inclusão dos lançamentos financeiros com as principais receitas e despesas fixas mensais e anuais, como: salário, energia elétrica, condomínio, IPTU, IPVA, licenciamento do automóvel, etc.,  e lançar eventuais despesas parceladas já existentes, inclusive nos cartões de crédito.

Outra passo muito importante, é definir metas de receitas e despesas, que ajudam a controlar o orçamento e a ter uma prévia do fluxo de caixa futuro, considerando as metas previstas.

Depois é só realizar o lançamento periódico das despesas e receitas não previstas e o acompanhamento dos saldos das contas, através da inclusão de lançamentos ou importação de lançamentos de extratos bancários e faturas de cartão de crédito.

Para facilitar a utilização no dia a dia é importante criar regras de preenchimento para classificar automaticamente aquelas despesas mais frequentes com almoço, lanche, padaria, supermercados, etc.

A utilização dos apps Android e IOS para lançar as pequenas despesas do dia a dia também ajudam a evitar o esquecimento.