Notas de Corretagem

Gerenciamento das notas de corretagem importadas

O Meu Dinheiro permite um gerenciamento completo, simples e rápido de suas notas de corretagem, inclusive com a importação do arquivo PDF gerado pela corretora.

Importação de nota de corretagem

Apenas com alguns cliques é possível importar notas de corretagem geradas pela grande maioria das corretoras, que utilizam o padrão SINACOR, que é um sistema homologado pela BOVESPA e controla toda a movimentação do cliente na corretora, as operações de bolsa, conta corrente e custódia de ativos.

O processo de importação é iniciado clicando no botão de , disponível também nas telas de Carteira de investimentos, Operações, Visão geral.

É preciso escolher a conta da corretora que gerou a nota e um arquivo PDF já disponível no seu computador, conforme imagem abaixo.

Importação de nota de corretagem

Por padrão, o arquivo PDF importado é anexado à operação de importação de nota e fica disponível na tela de documentos. Para não realizar o upload do arquivo é necessário desmarcar esta opção, conforme imagem abaixo.

Anexar arquivo PDF à operação

Caso uma nota com o mesmo número já tenha sido importada anteriormente, o sistema exibe uma mensagem de alerta, conforme imagem abaixo.

Alerta de possível duplicidade na importação de notas

Digitação da nota de corretagem

Caso a nota enviada pela corretora não esteja no padrão SINACOR, é possível que a corretora não esteja homologada pelo sistema para importação de nota ou, mesmo homologada, não tenha sido possível realizar a leitura correta da nota. Neste caso, é possível utilizar a inserção manual das notas de corretagem, através do processo de digitação da nota, conforme imagem abaixo.

Digitação da nota de corretagem

Complementando informações para importação

Antes da efetiva importação da nota, o sistema exibe o conteúdo da mesma e permite que sejam feitos ajustes, tais como:

  • Definição do código e tipo do ativo, caso o sistema não tenha conseguido identificá-lo automaticamente;

  • Informar/ajustar valores da Taxa de liquidação, Emolumentos, Outros custos operacionais;

  • Definir a distribuição dos custos em relação às operações individuais contidas na nota, sendo possível neste caso: Distribuir os custos igualmente por operação, distribuir proporcional ao valor de cada operação ou informá-los individualmente;

  • informar o IRRF (IR dedo duro) e definir se o mesmo será ou não descontado do líquido da nota;

  • Definir se uma operação é normal ou Day Trade (Obs.: Só é habilitado a marcação de operações como day trade, caso exista uma compra e uma venda do mesmo ativo na nota;

Complementando informações da nota para importação

A tela de importação/digitação de nota permite ajustar quaisquer informações da nota, sendo responsabilidade do usuário garantir que os valores estejam corretos antes da efetiva importação da mesma.

Após a importação as notas ficam disponíveis na tela de notas de corretagem, onde são exibidas todas as notas importadas, ordenadas por data de inclusão (da mais recente para a mais antiga) ou por data da operação.

Também é possível buscar notas por diversos critérios, visualizar as operações das notas e o arquivo PDF original da mesma, além de excluir ou alterar o número da nota.